Soraia e o Trio Medeiros no Parahyba Café

A personalíssima voz da cantora Soraia Bandeira vai ecoar nesta sexta-feira (17), a partir das 22h00, no Parahyba Café (Usina Cultural da Salepa), localizado entre os bairros da Torre e Tambiá. Os bilhetes de entrada estarão sendo vendidos na porta do bar ao preço único de R$ 10,00.
Neste show imperdível de logo mais Soraia Bandeira interpretará canções da música popular brasileira, jazz, blues e músicas que estarão presentes no seu próximo trabalho, “Mundo”, que está em fase de gravação no Estúdio Peixe Boi de Marcelo Macedo, em João Pessoa, com direção de musical de Helinho Medeiros. Ela se apresenta com o Trio Medeiros (Xisto, Helinho e Glauco Andreza).
A cantora Soraia Bandeira (sem querer “eu” ser analítica), é pernambucana de nascimento e paraibana de criação, alma e coração. Ela que esteve fora do Estado, em viagens pelos transatlânticos e em São Paulo, aos poucos começa a retornar ao cenário musical da cidade para nos salvar do ostracismo.
Soraia Bandeira começou a cantar há cerca de 15 anos e já naquele tempo apresentava domínio vocal e postura de palco adquirida com o grupo de teatro Bigorna, famoso, na época, por encenar as peças escritas por Waldemar Solha. No repertório, também naquela época, privilegiava em suas interpretações o jazz, o blues e músicas de Luiz Ramalho, Milton Dornellas, Jaguaribe Carne, Chico César e outros nomes locais.
Com uma maturidade artística e distanciada do olimpio mítico de cantoras ela vem aos poucos tomando novo fôlego para música e tem sido vista em algumas apresentações pela cidade. Apareceu em um festival do Sindifisco, cantou com o trio Medeiros no Casarão 34, e em duas edições do evento Mulheres Canta Mulheres.
No período em que passou em São Paulo, gravou o primeiro disco, intitulado “Sete Luas” (2005), uma produção independente com edição esgotada. Poucos sabem, mas, Soraia Bandeira, divide seu tempo com as atividades da terapia corporal, o que ajuda muito nas suas apresentações em palco. “Em sempre gostei muito, pois eu sou uma pessoa muito corporal. Meu mental passa muito pelo corpo”, comentou cantora que fez vários cursos quando ainda residia em São Paulo.
O título deste novo trabalho “Mundo” vem de uma música de autoria de André Abujamra. O novo CD terá doze músicas e também traz composições de Chico César, Gonzaguinha (Recado), João Linhares, Milton Dornelas, Paulo Ró, Walter Egéa e apenas uma composição de sua autoria intitulada “Solitude”. “Eu acho que sou muito mais cantora do que compositora e não tenho nenhum problema com isso. Embora tenha algumas canções compostas”, disse Soraia.
Neste trabalho ela vem acompanhada pelo Trio Medeiros, músicos que convive há vários anos. O disco está sendo bastante esperado, pois ela está à cerca de nove anos sem cantar e produzir nada, mas, segundo Soraia, tudo tem seu tempo. “Cada coisa na sua hora. A vida vai levando a gente para onde a gente precisa está e crescer o que precisamos crescer”, avalia a cantora. A concepção e direção musical são de Helinho Medeiros. As fotografias são é de Vant e Suani Bandeira e a arte de Mauro Tenório Pedrosa.

Serviço:
Soraia Bandeira
Show: Mundo (pré-lançamento)
Sexta-feira (17)
Hora: 22h00
Local: Parahyba Café (Usina Cultural da Saelpa)
Ingressos: R$ 10,00.


Adriana Crisanto
Repórter
adriana@jornalonorte.com.br
adrianacrisanto@gmail.com
Fotos: Divulgação
Matéria publicada no caderno Show do jornal O Norte.