Destaque do Prêmio Jabuti


O escritor e jornalista Laurentino Gomes foi o primeiro colocado na categoria livro-reportagem com a obra “1808”, na 50º edição do Prêmio Jabuti de Literatura promovido anualmente pela Câmara Brasileira do Livro. O anúncio foi feito na última terça-feira no site da entidade.

A obra premiada em questão narra sobre a vinda da família real portuguesa ao Brasil no ano de 1808. O livro está estruturado em capítulos organizados de forma a facilitar a compreensão dos acontecimentos deste período da história do Brasil.

No livro o autor aborda aspectos específicos do período, as condições políticas, econômicas e sociais da época. Um dos aspectos que mais tem agradado as pessoas é o fato de ser uma obra sobre história do país sem ser chato e enfadonho como era na escola. Nele Laurentino Gomes compõe um mosaico fiel do período com uma linguagem clara, concisa e objetiva, características do jornalismo contemporâneo.

No final ele envolve Portugal, França, Inglaterra e o Brasil. Tudo isso salpicado de curiosidades menos históricas que ilustram o texto e torna a leitura mais agradável e prazerosa. O livro apresenta um grande grau de credibilidade com referências históricas e de autores, fornecendo ainda vasta bibliografia, inclusive na internet, para quem quiser se aprofundar no tema.

Sobre o autor - Laurentino Gomes nasceu em 1956, na cidade de Maringá (PR). É formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná, com pós-graduação em Administração pela Universidade de São Paulo, também fez cursos na Universidade de Cambridge, na Inglaterra, e na Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos.

Nestes 30 anos de jornalismo ele trabalhou como repórter e editor para alguns dos principais órgãos de comunicação do Brasil, incluindo o jornal "O Estado de S. Paulo" e a revista "Veja". Atualmente dirige uma unidade da Editora Abril, responsável pela publicação de 23 revistas de especialidade.

Adriana Crisanto
Repórter
adriana@jornalonorte.com.br
adrianacrisanto@gmail.com
Fotos: Divulgação