O Retorno


O bom filho a casa retorna.
Portas abertas
Janelas e frestas gigantes.
Sabe que nem tudo será como antes. Mas que será bom retornar.
O bom filho a casa retorna.
E retornou.
Entornou sua vida no dormente da porta.
E a cara torta dos que lhe censuram coloca no bolso.
O bom filho que retorna é o mais moço
Come o almoço
Como se nunca tivesse saído de lá.
(Poeta desconhecido).